Início |  Case

Existe coisa pior que copo vazio?

Campanha fez apelo para aumentar doadores de sangue entre os consumidores.

Veja a campanha Junho Vermelho do Mundo Beer

O Junho Vermelho é uma das campanhas coloridas que aparecem todos os meses para alertar sobre riscos à saúde. Ele está ganhando visibilidade no Brasil e pede o aumento das doações de sangue.

Isso se deve ao dia 14, o Dia Mundial do Doador de Sangue. A intenção é alertar as pessoas sobre a necessidade de ser doador e de fazer doações frequentes. A campanha nacional de 2018 teve como tema “Eu dou Sangue”.

Em Indaiatuba, o Mundo Beer, bar de cervejas especiais, participou do movimento e fez sua campanha.

Existe coisa pior do que copo vazio? Foi com essa pergunta que começou a ação, fazendo um apelo aos consumidores. Foram colados adesivos no fundo dos copos com a mensagem voltada para dentro deles. Quando o chope acabava, o cliente via a mensagem: “Nossos hemocentros estão como esse copo. Vazios. Tome uma atitude. Doe sangue!”

A intenção é sensibilizar os frequentadores do bar sobre a necessidade de aumentar o número dos doadores no Brasil. A ação rendeu um vídeo que foi compartilhado nas redes sociais do Mundo Beer, que agora faz parte do Junho Vermelho e de outras campanhas coloridas. O vídeo mostra vários clientes e suas reações quando se deparam com a mensagem.

A campanha

As ações do Junho Vermelho perduram por todo o mês. A campanha é fundamental para os bancos de sangue, que estão sempre no limite. O mês dos trabalhos colabora também com a época de férias, quando os estoques caem naturalmente.

Um pesquisa realizada em 2017 e que foi encomendada pelo próprio movimento, em parceria com o Instituto Datafolha, mostrou que os brasileiros ainda estão bem longe da meta mundial de doadores. Cerca de 92% dos entrevistados declararam que não participaram de doações nos últimos 12 meses.

No Brasil, 1,8% da população doa sangue, número que está dentro dos parâmetros, de pelo menos 1%. A meta da Organização Mundial da Saúde (OMS) é de 3% da população doadora.

Seja um doador

Para doar sangue, basta estar em boas condições de saúde, comparecer alimentado ao posto de coleta, ter entre 16 e 69 anos (menores devem consultar site Secretaria da Saúde e maiores de 60 anos devem ter doado ao menos uma vez antes de completar a idade), pesar mais de 50 kg e levar documento de identidade original com foto recente, que permita a identificação do candidato. Dessa forma é recomendável evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e, no caso de bebidas alcoólicas, 12 horas antes. Contudo se a pessoa estiver com gripe ou resfriado, não deve doar temporariamente. Mesmo que tenha se recuperado, deve aguardar uma semana para que esteja novamente apta à doação.

Siga-nos nas redes sociais: Facebook, Instagram e LinkedIn!