6 passos para estruturar uma operação de delivery em tempos de coronavírus

Sem dúvidas, o coronavírus pegou todo mundo de surpresa. Talvez você nunca havia pensado em trabalhar com entregas, não é mesmo? Mas agora será praticamente obrigado a utilizar este canal de distribuição para continuar trabalhando. Apostar no delivery em tempos de coronavírus é uma boa solução.

Mas é preciso contar com um serviço estruturado para ter resultados eficientes. Por isso, neste blog post vamos te dar um passo a passo de como estruturar uma operação de delivery ou aperfeiçoar o que a sua empresa já vem fazendo. Ficou curioso? Então confira a seguir!

1º passo: planejamento para o serviço de delivery

Primeiramente, planejar e organizar é o passo mais importante para começar uma operação de delivery em tempos de coronavírus.

Portanto, você vai precisar pensar nos seguintes itens, como receber o pedido, prioridades na produção, como será a cobrança e como será feita a entrega. Além disso, precisa também que essa equipe esteja alinhada para atender os pedidos.

2º passo: definição de entregas

De fato, existem diferentes formas de fazer entregas hoje em dia.

Entregador fixo, terceirização ou contar com uma empresa especializada. Então se você está começando agora, nosso conselho é: contrate uma empresa especializada, uma das empresas que se destacam nesse setor é a Rappi.

Inegavelmente, a parte boa de iniciar com uma empresa terceirizada é que você paga apenas pelo serviço prestado, o que é muito bom já que um delivery em tempos de coronavírus dificilmente vai começar bombando.

3º passo: cardápio

Escolha opções que são mais adequadas para entregas. Pois pratos muito elaborados podem perder o atrativo visual. Portanto, pense no seu público para criar um produto adequado para o consumo ou faça adequações de seus campeões de vendas.

4º passo: embalagens

A escolha das embalagens devem atender as necessidades dos produtos, manter o alimento limpo e conservar sua temperatura. Por isso, tenha cuidado para não escolher uma embalagem muito cara. Aliás, isso pode impactar diretamente no preço e te fazer perder competitividade.

5º passo: plataformas de pedidos online

delivery em tempos de coronavírus

Para dar rápida visibilidade de seus produtos, é interessante se cadastrar em plataformas de pedidos online, como por exemplo: Ifood e Uber Eats. Pois, além da praticidade, elas oferecem relatórios detalhados para você mensurar o desempenho de suas vendas.

6º passo: campanhas de marketing digital

Depois de tudo isso estruturado, chegou a hora de investir em Marketing Digital para aumentar seu volume de pedidos e viabilizar sua operação de delivery em tempos de coronavírus.

Clique aqui e confira um passo a passo de como criar uma campanha para seu bar ou restaurante.