InstaShop: passo a passo para criar a sua loja e começar a vender hoje mesmo

  • Platz
  • Em Alta
  • InstaShop: passo a passo para criar a sua loja e começar a vender hoje mesmo
InstaShop

Já faz um tempo que o Instagram vem se revelando uma grande vitrine de vendas. Aliás, é cada vez mais comum encontrar perfis que são fonte de negócios. Por revelar um potencial comercial gigante, a rede social criou uma ferramenta para que os empresários vendam seus produtos na plataforma: o Instashop.

Quer saber como você também pode iniciar as suas vendas ou complementar o faturamento da sua empresa no Instagram?

Ao longo deste texto vou revelar os detalhes e mostrar como é possível começar a sua lojinha hoje mesmo. Continue a leitura e tire suas dúvidas.

O que é InstaShop?

Na verdade, o nome completo é Instagram Shopping, mas a ferramenta acabou se popularizando como InstaShop.

Portanto, trata-se de um recurso que permite que as marcas criem suas lojas dentro da rede social. Aliás, através deste mecanismo é possível cadastrar produtos, criar marcações nas fotos e nos stories e direcionar o usuário para a compra do item.

Todavia, já era comum que antes da criação da ferramenta algumas empresas postassem suas promoções e peças. Mas a partir desta novidade, que foi pensada justamente para esta finalidade, é possível contar com um “empurrãozinho” muito útil: o botão de compra.

Desse modo, a ação torna-se mais rápida e dinâmica. Pois é possível realizar a compra com mais praticidade, sem precisar ficar enviando mensagem direta para marca ou entrando em contato várias vezes para efetuar a compra.

Ou seja, o InstaShop é uma recurso que permite links nos produtos em fotos da rede social e funciona como uma etiqueta de preço, já que cada item mostrado nas imagens aparece com nome e valor.

Além disso, é importante lembrar que é possível ver qual loja possui a ferramenta ao entrar no perfil da marca. A empresa que vende através do InstaShop conta com um ícone de sacola de compras, como você pode ver abaixo:

InstaShop

Como funciona a ferramenta?

Agora que você já sabe o que é o InstaShop, quero falar sobre como ele funciona. Pois ele conta com diferentes formas de visualização dos produtos para facilitar o acesso e garantir que empresas de todos os portes possam ter esta ferramenta.

No feed, por exemplo, as fotos são compartilhadas da forma tradicional. No entanto, contam com as marcações de nome e valor sobre os itens. Assim, quando algum possível cliente clica na imagem, ele é direcionado para um local dentro do Instagram com mais fotos do produto.

Dessa maneira, a página conta somente com os posts que têm tags de produtos, como uma loja online mesmo. Além disso, é possível ver um botão de destaque, que direciona para o site da marca.

Do mesmo modo, a venda nos stories também é feita de maneira simples e com as tags e marcações dos itens, que realizam o direcionamento da mesma forma que o post no feed.

No entanto, para stories é preciso que a loja tenha pelo menos 10 mil seguidores. Pois a prática ainda segue as determinações da rede social para uso de links.

Mas se você não tem um site e mesmo assim quer vender no InstaShop, não se preocupe, pois é possível.

Neste caso, no lugar onde iria o botão direcionado para o site, fica um botão de checkout, que não precisa ir para nenhuma outra página.

Portanto, esta opção permite que a compra seja finalizada dentro do próprio Instagram, deixando o processo ainda mais otimizado e permitindo que pequenos empreendedores também tenham sua loja dentro do aplicativo.

Passo a passo para criar sua loja no InstaShop

Se você está interessado em utilizar este recurso, precisa entender se o perfil da sua empresa atende aos requisitos básicos do InstaShop. São eles:

  • Sua loja deve estar em um dos 46 países contemplados (o Brasil está nesta lista, pode comemorar!);
  • A loja deve vender bens materiais e não serviços;
  • Você deve cumprir as políticas do Instagram;
  • Sua conta precisa ser comercial;
  • A conta deve estar vinculada a uma página do Facebook.

Portanto, se a sua empresa atende esses quesitos, você pode seguir o passo a passo. Veja quais etapas devem ser cumpridas

Perfil de negócios e catálogo do Facebook

Primeiramente, você precisa acessar a página do Facebook da empresa e clicar na aba “loja”.

Depois que isso for feito, faça as seguintes ações:

1 – Clique em configurar loja e insira o endereço da loja.

2 – Escolha a moeda para cobrança dos preços.

3 – Entre com o e-mail utilizado para a página do Facebook.

4 – Selecione as taxas relacionadas ao seu país e estado.

5 – Finalize e cadastre seus produtos.

Resposta do Instagram

De fato, trata-se de um processo simples. Mas você vai ter que contar com a ajuda do Instagram.

Por isso, após seguir as etapas que citei acima, é preciso aguardar a revisão de conta que a rede social fará para analisar os produtos que você inseriu antes de autorizar a marcação dos itens e criar a aba da loja no seu perfil.

Portanto, fique de olho, pois você vai ser notificado quando puder começar a utilizar os recursos.

Cadastro de produtos

Por fim, se a sua loja for aprovada, você precisa cadastrar os produtos. Mas não se preocupe, pois o processo é muito prático.

Por isso, basta escolher a foto e seguir o passo a passo de sempre. No entanto, no espaço de colocar tags de pessoas e locais você vai notar a opção de tag do produto.

Dessa forma, você deve selecionar esta opção, inserir o nome, o preço e as fotos adicionais do que deseja vender.

Nos stories o processo também é bem fácil. Então você só precisa subir a foto e abrir aquele espaço com opções de gifs e localização. Lá é possível ver a opção produto, com um ícone de bolsa de compras. Basta clicar nele e cadastrar com as informações do item.

BÔNUS: 3 dicas de marketing para arrasar na sua loja

Para terminar quero te dar 3 dicas que podem ajudar a aumentar o sucesso da sua lojinha no InstaShop.

Estética e harmonização dos posts

Primeiramente, invista na harmonização do feed e na estética das fotos. Escolha as melhores imagens para publicar. Do mesmo modo, a dica é apostar em um fundo claro para dar destaque para a peça que quer vender. Além disso, procure deixar as fotos com alguns elementos com cores em comum. Isso pode passar uma impressão de mais organização e leveza.

Aposte na divulgação

Depois que tiver a sua loja no InstaShop, não deixe de criar publicações para divulgá-la. Portanto, vale até mesmo investir em posts patrocinados para anunciar os produtos que deseja vender.

Além disso, uma boa dica é contar com microinfluenciadores, que podem te ajudar a divulgar os itens através da influência com os seguidores.

Posicione as tags de maneira adequada

As marcações com nome e preço dos produtos também merecem atenção. Por isso, evite deixá-las na frente dos detalhes do item. Ou seja, procure posicionar as tags em locais estratégicos e que não vão prejudicar a sua imagem.

Se você gostou deste texto sobre InstaShop, compartilhe em suas redes sociais para que novos empreendedores também fiquem por dentro do assunto.

Continue acessando o nosso blog, pois sempre postamos novidades super legais aqui!

E já que estamos falando sobre este tema, que tal dar uma olhada na matéria que fizemos sobre Instagram Ads?

Acesse agora mesmo e veja como os anúncios podem te ajudar a vender mais!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *