Análise SWOT ou FOFA: O que é, e como usar essa ferramenta incrível em seu negócio, hoje.

  • Platz
  • Marketing Digital
  • Análise SWOT ou FOFA: O que é, e como usar essa ferramenta incrível em seu negócio, hoje.
Análise SWOT

A matriz SWOT, também chamada de análise SWOT, é um dos termos mais conhecidos na área de marketing, mas poucas pessoas a utilizam ou sabem aplica-la corretamente. Seu objetivo é, primordialmente, realizar um diagnóstico claro e conciso dos cenários possíveis para aumentar a probabilidade de que seu projeto tenha sucesso.

Para que fique mais claro o que é uma análise SWOT, imagine a seguinte situação: você está pensando em trocar de emprego, recebe uma proposta interessante, pensa em como aquilo pode impactar em sua vida, se o risco compensa, se vai se adaptar com os novos colegas de trabalho, quais são os prós e contras de se tomar essa decisão. Você pode até não perceber, mas naturalmente está realizando uma análise SWOT. Inegavelmente, quando você avalia todas as situações, está mais seguro para tomar uma decisão tão importante (alguns coachs utilizam essa ferramenta no âmbito pessoal).

Nosso intuito aqui não é ajudar você a decidir mudar de emprego, mas sim te apresentar uma ferramenta de marketing e gestão, que vai lhe ajudar a gerenciar seus projetos de forma clara e eficiente. Por isso, neste blog post, falaremos sobre os seguintes itens:

  1. O que é Análise SWOT
  2. Como é composta a Matriz SWOT
  3. Para que serve a Análise SWOT
  4. Vantagens de utilizar a matriz SWOT
  5. Porque usar a matriz SWOT no planejamento estratégico
  6. Quem é responsável por fazer a Análise FOFA
  7. Como fazer uma Análise SWOT

Como diria a bruxa do pica pau, lá vamos nós!

1. O que é Análise FOFA ou SWOT?

Análise FOFA ou SWOT é uma ferramenta de análise muito popular no cenário empresarial, utilizada principalmente na gestão de projetos. Os profissionais de marketing mais experientes, por exemplo, raramente iniciam um projeto sem antes aplica-la.

O objetivo de utilização da matriz é, sobretudo buscar um diagnóstico claro e consistente de todos os cenários possíveis que cercam o negócio. Dessa forma, é possível minimizar os erros e potencializar os acertos do projeto.

O pai dessa metodologia gerencial é Albert S. Humphrey, especializado em gestão organizacional e mudança de cultura nas organizações. Albert dedicou parte de sua carreira ao instituto de pesquisa de Stanford, e, além disso, também participou do projeto que criou a metodologia TAM (Team Action Management), mas isso é assunto para outro artigo.
Criada em meados dos anos 60, a ferramenta passou por várias adaptações para, posteriormente, ser considerada uma das mais importantes aliadas no gerenciamento de projetos.

A análise SWOT consiste basicamente em cruzar os itens Strengths (Forças), Weaknesses (Fraquezas), Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaças) para chegar a conclusões estratégicas.
Essa análise certamente te levará a insights valiosos, que poderão ser executados num plano tático.

Introdução ao Análise SWOT

2. Como é composta a Matriz SWOT

A matriz SWOT é composta por quatro itens:
1. Strengths (Forças)
2. Weaknesses (Fraquezas)
3. Opportunities (Oportunidades)
4. Threats (Ameaças)

Podemos separar nossa análise por ambiente interno e ambiente externo.

Análise de Ambiente Interno

No ambiente interno você deve analisar suas Forças e Fraquezas, pois são os elementos que você tem total controle. Na prática, você deve avaliar os seguintes itens:
– Praça (área de atuação do seu projeto);
– Tempo de mercado;
– O que as pessoas pensam sobre a marca ou produto (reputação);
– Caixa (quanto dinheiro você pode investir no projeto);
– Equipe (qual é a qualificação e o tamanho da equipe para executar o projeto);
– Possibilidades de marketing e mídia;
– Capacidade de gestão de projeto;
– Disponibilidade de matéria prima;
– Capacidade operacional;
– Ativos. Espaço, tecnologia, maquinário, etc;
– Dimensionamento da demanda;
– Parceiros estratégicos;
– Clientes em potencial.

Em Forças

O que te faz irresistível?
Por que você é uma opção melhor do que o concorrente?
Quais são seus diferenciais?
Você consegue dar assistência técnica para seus clientes?
Quão relevante sua empresa é para seus clientes?
Qual é seu nível de relacionamento com seus clientes e com o mercado?

Em Fraquezas

O que pode dar de errado?
Como será feita a logística?
Qual será o payback do projeto? Ele será viável financeiramente?
Sua equipe vai dar conta de atender a demanda?

Análise de Ambiente Externo

Por outro lado, no ambiente externo você deve analisar dados referentes ao que não controla. A situação política do momento, por exemplo. Variações na economia, taxa de juros, linhas de crédito, concorrência, leis que podem influenciar seu projeto, entre outros.

Portanto, é necessário que você esteja muito bem informado sobre tudo que envolva seu mercado de atuação. Então, crie uma rotina de catalogar esses dados, algumas ferramentas digitais podem ajudar muito nessa missão. Só assim você vai estar preparado para o que der e vier. Além disso, você pode identificar oportunidades e também se prevenir contra as ameaças.

Na etapa de análise de ambiente externo em SWOT, você deve obter dados de microambiente e macroambiente.

– Microambiente. É tudo aquilo que está próximo de você, que pode te influenciar ou ser influenciado diretamente por estar perto.

O que se entende como microambiente

– Política interna da empresa;
– Fornecedores;
– Prestadores de serviço;
– Clientes;
– Concorrentes;
– Entre outros.

– Macroambiente. É o conjunto de participantes de determinado mercado e das forças exteriores ao microambiente. Influenciam a empresa a desenvolver e manter relações bem sucedidas com os públicos-alvo. Em se tratando de análise SWOT, portanto, estamos falando de Ameaças e Oportunidades.

O que se entende como macroambiente:

– Grandes eventos (copa do mundo, olimpíadas, guerras, etc);
– Política;
– Cultura;
– Economia;
– entre outros.

Oportunidades

As Oportunidades são mudanças que ocorrem no mercado, que de alguma forma podem beneficiar a empresa. Como exemplo, podemos citar linhas de crédito, a saída de mercado de algum concorrente forte, mudança de leis. Enfim, tudo aquilo que pode ser positivo para você avançar em seu projeto.

Ameaças

As Ameaças, são todos os eventos negativos para sua empresa ou projeto. Por exemplo, se você lançou determinado produto focado no mercado automotivo e o setor declara para a mídia que está fazendo demissões em massa, cortando investimentos. Isso significa que seu projeto deve ser repensado. Ameaças, portanto, são todos os fatores que podem prejudicar o sucesso de seu projeto.

analise SWOT

3. Para o que serve a análise SWOT?

A análise SWOT serve para trazer mais segurança para novos projetos, ou até para redefinir novas estratégias para um produto ou serviço já em operação. Ao analisar todos os fatores existentes em uma análise SWOT, você tem, de fato, uma probabilidade muito maior de obter sucesso em seu projeto.

Confira alguns motivos para utilizar a matriz SWOT

– Lançar um novo produto ou serviço;
– Reestruturar a operação de algum produto ou serviço;
– Você pode utilizar para iniciar uma nova empresa;
– Reestruturar sua empresa.

4. Vantagens de utilizar a matriz SWOT?

Conhecer a maior parte de todas as situações possíveis é uma grande vantagem.
Com a matriz SWOT, você pode mitigar situações de ameaças, identificar oportunidades para agir, entender quais são seus pontos fortes e o que precisa melhorar conhecendo seus pontos fracos. Com a matriz SWOT você consegue ter um panorama geral para tomar as melhores decisões.

Vantagens de utilizar matriz SWOT

– Posicionamento de mercado;
– Melhoria contínua de produtos e serviços;
– Geração de ideias para soluções de problemas;
– Oportunidades para lançamentos;
– Segurança para tomada de decisões estratégicas;
– Priorizar ações mais importantes;
– Realização de parcerias estratégicas;
– Mensuração e análise de estratégias realizadas.

Posicionamento de mercado

A avaliação 360º proporcionada pela análise FOFA proporciona a identificação de qual é sua posição de mercado, além de quais são as posições vagas para serem ocupadas.

Melhoria contínua de serviços e produtos

Realizando esse diagnóstico, fica evidente o que precisa ser melhorado para que seus produtos e serviços tenham melhor performance. Após essa identificação é só aplicar.

Geração de ideias para soluções de problemas

Olhando a concorrência você pode entender como eles resolveram problemas que possivelmente você tem. Então, olhando para sua equipe, você consegue ligar os pontos e ter ideias para resolver problemas.

Oportunidades para lançamentos

Sempre que você observa e entende o jogo, consegue identificar o que está faltando, qual é a posição a ser ocupada, qual é a carência do mercado. Desse modo você tem insights para novos produtos ou serviços.

Segurança para tomada de decisões estratégicas

Você para de achar algo, passando a conhecer o panorama geral e tendo em mãos os números. Assim suas decisões são mais assertivas e mais seguras.

Priorizar ações mais importantes

Conhecendo suas fraquezas e analisando o mercado, você consegue entender claramente o que precisa ser melhorado e priorizar essas ações num plano tático.

Realização de parcerias estratégicas

Conhecendo bem o mercado, você chegará a conclusão de que, construindo parcerias de interesses mútuos, é possível ir mais longe e as parcerias pareceram óbvias.

Mensuração e análise de estratégias realizadas

Por último, e certamente o mais importante, defina como medir tudo isso. Dessa forma, com a análise SWOT, você terá em mãos os indicadores certos para avaliar a progressão do projeto.

5. Porque usar a matriz SWOT no planejamento estratégico

Depois desse panorama geral, mãos à obra!
Como vamos aplicar essa ferramenta incrível para melhorar o desempenho de seus produtos e serviços?

Caso ainda não tenha percebido, essa matriz pode ser aplicada na maioria ou em todos os tipos de projetos ou empresas. Eu, por exemplo, não consigo imaginar onde ela não se enquadra…
Ela trata de termos amplos que podem ser adaptados para cada mercado e cenário.

Alguns benefícios em aplicar a análise SWOT são:

Segurança para tomar decisões;

– Conhecimento palpável dos cenários que você atua;

– Análise completa sobre a concorrência;

– Previsão de tendências de mercado;

– Plano tático de priorização para resolução de problemas.

Para manter sua análise funcionando, faça e refaça a análise SWOT de forma periódica, de acordo com seu mercado. Alguns podem fazer por ano, trimestre, mensal, quinzenal ou semanal. Dessa forma, seguindo esse plano, sem dúvidas você vai melhorar sua performance.

Quadro Matriz da análise SWOT

6. Quem é responsável por fazer a Análise FOFA

Os responsáveis por iniciar o processo, geralmente, são os gestores e os profissionais de marketing. Mas, quem deve participar do processo?
A resposta é: todos que participam do projeto!
As pessoas que conhecem os detalhes da operação, a equipe de vendas que conhece as dores dos clientes de perto. Ou seja, todos esses profissionais trazem dados valiosos para uma análise completa e eficaz.

7. Como fazer uma Análise SWOT

Bora fazer? Acredito que com esse blog post, você não vai encontrar grandes dificuldades para aplicar sua matriz SWOT ou FOFA. Sua aplicação é simples, no entanto, não deve ser feita com pressa. Então analise e reflita muito sobre as informações que foram consolidadas em todos os cenários.

Para aplicar a análise SWOT siga esse passo a passo:

1. Realize um Brainstorm com seu time;
2. Faça uma análise dos fatores internos;
3. Faça uma análise dos fatores externos;
4. Estruture a matriz (ou baixe o template com a matriz que fizemos para você usar, no formulário abaixo);
5. Faça o cruzamento de dados e monte seus cenários;
6. Crie um plano tático de ações para atingir seus objetivos estratégicos;
7. Após o período escolhido, faça a mensuração dos resultados e reaplique a técnica.

1. Brainstorm

A “chuva de ideias”, em português.
É um tipo de reunião, com a participação de 2 ou mais pessoas, utilizada por várias empresas e instituições. Ela é realizada a fim de desenvolver novas ideias ou projetos e criar soluções.
Seu processo consiste em juntar informações sugeridas pelos participantes para estimular a criatividade.

A ideia de aplicar o Brainstorm inicialmente no processo da matriz SWOT é juntarmos o maior número de informações de forma rápida. Por isso é importante a participação do maior número de pessoas envolvidas no projeto, pois cada um pode contribuir com informações valiosas.

Para que o Brainstorm seja produtivo, tenha sempre um facilitador, alguém que vai estimular as perguntas e ficará responsável por catalogar o que foi dito. Nunca limite ou desmoralize uma ideia. Isso porque, por mais ridícula que ela possa parecer, as vezes dela nasce uma grande solução.

2. Fatores internos

Após a realização do Brainstorm, selecione os melhores dados e veja se pode complementar adicionando mais dados internos, sobre forças e fraquezas.

Analise as seguintes informações para realizar um trabalho completo:
– Tempo de mercado;
– Ponto;
– Marca e reputação da empresa;
– RH (recursos humanos);
– Budget para o projeto (recursos financeiros);
– Estrutura de marketing;
– Estrutura de gestão;
– Capacidade de operacional;
– Disponibilidade e acesso à matéria-prima;
– Estrutura de maquinário, materiais e equipamentos.

3. Fatores externos

Pegue as ideias e percepções geradas em seu Brainstorm e complemente com mais informações do mercado. Algumas das informações que você deve prestar atenção a fim de obter a melhor análise SWOT:

Microambiente:
– Potenciais clientes;
– Cadeia de Fornecedores;
– Competidores (concorrência);
– Entrantes no mercado;
– Substitutos (tudo o que pode exercer a mesma função do seu produtos);
– Sistema de vendas. Você vende direto para o público final? (B2C) Ou para um revendedor? (B2B)
– Entidades ou sindicatos (eles podem te ajudar ou atrapalhar).

Macroambiente:
– Política;
– Legislação;
– Economia;
– Tecnologia;
– Demografia;
– Sociocultural;
– Recursos Naturais.

4. Crie a matriz gráfica

Agora é hora de resumir as informações e colocar tudo em um único painel para conseguir visualizar os dados de forma panorâmica.

Evite textos grandes, trabalhe com tópicos. Dessa forma você vai facilitar a visualização e criar um gatilho de memória para o item. Organize a informação de forma decrescente, com as informações mais importantes primeiro e assim por diante. Isso vai te ajudar a focar em melhores resultados.
Trace uma cruz. Dessa forma, os fatores internos, Forças e Fraquezas, ficarão na parte de cima. Enquanto isso, na parte de baixo, ficam as Oportunidades e Ameaças. Ou seja, os fatores externos.
Nos quadrantes ao lado direito ficam os fatores negativos, enquanto nos os fatores positivos ficam nos quadrantes do lado esquerdo.
Então, insira todas as informações e comece a realizar seus cruzamentos de dados.

5. Analise a viabilidade do negócio

Chegou a hora de colocar em prática.
Para isso, faça o cruzamento dos itens a seguir:

Forças + Oportunidades: O resultado desse cruzamento de informações são seus pontos fortes, esses fatores devem ser potencializados.

Forças + Ameaças: como potencializar os pontos fortes para minimizar o impacto das ameaças?

Fraquezas + Oportunidades: como corrigir os pontos fracos para aproveitar as oportunidades?

Fraquezas + Ameaças: esses são seu pontos fracos, é possível melhora-los para minimizar as Ameaças?

6. Crie um plano tático de ações para atingir seus objetivos estratégicos

O resultado desse cruzamento de informações vai te guiar para construir um planejamento de marketing mais certeiro e eficaz, focando justamente nas necessidades para se obter sucesso.
Para facilitar ainda mais sua vida, fizemos um template de um projeto de analise SWOT. É só baixar é grátis!
Organize todas as ações e crie um cronograma de execução.

7. Após o período escolhido, faça a mensuração dos resultados e reaplique a técnica.

Calma que ainda não acabou. Após a execução do planejamento, avalie as ações que foram positivas e negativas, refaça a análise SWOT e então crie um novo plano de ação para aperfeiçoar as estratégias. Desse modo, você vai ficar muito mais perto do sucesso.
Então, espero que esse texto possa ajudá-lo. Boa sorte!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.