Google RankBrain: veja como ele funciona e pode ajudar a sua empresa

RankBrain

Inteligência artificial, aprendizado de máquina e algoritmo. Talvez você nunca tenha parado para pensar como a união desses fatores pode ser essencial para os bons resultados do seu negócio. Mas chegou a hora de entender como eles podem ajudar a sua empresa a chegar mais longe. Por isso, hoje vou falar sobre o Google RankBrain, que desde que foi lançado em 2015 trilha um caminho cheio de mistérios e realizações.

Então se você quer saber um pouco sobre este mecanismo e esclarecer as principais dúvidas sobre o tema, continue a leitura e fique por dentro do assunto!

O que é o RankBrain?

Sem dúvida, antes de qualquer outra coisa, é fundamental que você saiba o que é o Google RankBrain. Na verdade, ele integra um algoritmo de pesquisa baseado em um conceito de aprendizado de máquina.

Desse modo, sua principal função é ajudar o Google a processar resultados de pesquisas e oferecer os materiais mais relevantes para quem está pesquisando.

Para isso, o recurso usa as chamadas entidades, que são objetivos específicos que o Google conhece, como pessoas, lugares e coisas. Assim, com a ajuda de um algoritmo matemático, ele divide em vetores de palavras mais específicas, que levam a determinadas páginas de resultados. Dessa forma, vetores de palavras semelhantes levam a páginas semelhantes também.

Mas para que você entenda melhor, eu quero te explicar o que é o aprendizado de máquina.

Portanto, sistemas que contam com essa característica conseguem aprender sozinhos a realizar algumas ações, que não exigem que um ser humano ensine o sistema por meio de programações.

Além do aprendizado de máquina, o Google RankBrain conta ainda com inteligência artificial. Pois ele adquire conhecimentos e faz conexão entre o que aprendeu e o que já conhecia.

No entanto, é preciso atenção. Pois ao contrário do que algumas pessoas falam, ele não é um novo algoritmo, mas sim um fator de influência a mais dentro do Hummingbird, algoritmo do Google que determina o que aparece nos resultados de pesquisa.

Aliás, é sempre bom lembrar que é a combinação de vários fatores, como palavras-chave, link building e qualidade do conteúdo que determinam a posição de conteúdo nos resultados de busca.

Como o SEO foi impactado pelo RankBrain?

Conforme citei acima, o RankBrain tem o poder de aprender e fazer conexões sem precisar que alguém o ensine. Desse modo, além das fórmulas para classificar as páginas, ele ajuda o Google a interpretar as pesquisas e encontrar conteúdos, que mesmo não tendo as mesmas palavras usadas na busca, sejam interessantes para quem buscou.

Inegavelmente, sua funcionalidade, que consegue conectar ainda mais os pesquisadores aos resultados cada vez mais relevantes, tornou a intenção da busca ainda mais importante.

Por isso, o sistema dá preferência para páginas que atendem alguns requisitos como cuidados de responder as perguntas dos pesquisadores e fornecimento de informações abrangentes sobre a pesquisa.

Portanto, o RankBrain deu ainda mais foco na otimização do conteúdo e seus tópicos. Pois tudo o que precisa para ser um destaque começa com abrangência.

3 dicas para produzir conteúdo otimizado para este recurso

De fato, após entender o que significa e como funciona o RankBrain, sua maior dúvida é sobre como é possível otimizar o seu conteúdo para atender as necessidades do sistema.

Por isso, vou dar três dicas rápidas para aumentar as chances da sua empresa alcançar posições cada vez melhores. Confira a seguir!

Use uma linguagem próxima e natural

Primeiramente, quero contar qual foi a recomendação do analista de tendências para webmasters do Google, Garu Illyes, quando lhe perguntaram sobre otimização de RankBrain.

De acordo com o especialista, um dos principais passos é seguir algo que já vem sendo falado há alguns anos, que é a linguagem natural.

Ou seja, para o um texto performar melhor a dica é produzir um conteúdo que soe humano. Desse modo, a dica é escrever pensando na sua persona e em como o material pode ajudá-la.

Portanto, não tente escrever como uma máquina, mas sim com uma linguagem de fácil compreensão e com tópicos que possam interessar e que conseguem prender a atenção de maneira natural, com uma linguagem menos técnica e mais cotidiana.

Sem dúvida, essa recomendação do Google não é uma grande novidade para quem cria conteúdo. Pois o conteúdo humanizado já está deixando de ser tendência, já que se transformou em uma fórmula que oferece bons resultados. Mas é sempre bom garantir esse fator para ter materiais que agradem ainda mais.

Identifique os objetivos de busca

Conforme citei ao longo do texto, o RankBrain ajuda o algoritmo a analisar as interações dos usuários com o buscador, com base nas palavras que são utilizadas na pesquisa e os sentidos que elas representam.

Por isso, nada melhor que descobrir o que a sua persona deseja saber e como ela vai pesquisar. Entender a intenção da busca é um bom caminho para produzir um conteúdo esclarecedor e que tem tudo para conquistar uma boa posição no mecanismo.

Melhore seus snippets

Você já ouviu falar sobre os snippets? Eles são aquelas caixas destacadas que aparecem com uma resposta curta após uma pesquisa nos mecanismos de busca. Este espaço é muito desejado, pois aparece antes mesmo da primeira posição orgânica.

De fato, os snippets são muito importantes para ter um conteúdo bem otimizado. Afinal, eles influenciam diretamente em uma das métricas mais importantes do marketing digital, o CTR, que é a taxa de cliques de uma página.

Desse modo, como o CTR é um dos fatores que o RankBrain mais leva em consideração para determinar relevância, é essencial trabalhar os snippets para alcançar bons resultados.

Como você viu, construir sites, blogs e anúncios relevantes e com uma linguagem natural é uma estratégia que pode agradar o algoritmo do Google. Mas, além disso, também é preciso monitorar os seus conteúdos e melhorá-los sempre que possível. Afinal, a produção de materiais digitais é cada vez mais comum entre empresas de diversos segmentos e você provavelmente não vai querer perder o lugar que lutou para conquistar.

Se você quer, além de manter o seu lugar, subir um pouco mais, talvez tenha chegado o momento de contar com profissionais que podem ajudar o seu negócio a alcançar o topo.

Clique aqui e fale com uma equipe especializada em SEO e marketing de conteúdo, estratégias fundamentais para ser encontrado no Google com facilidade, ganhar autoridade e, por consequência, vender mais.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *